O iScholar atualmente suporte 5 formas de recebimento: 

  • Espécie, Boleto/Transação Bancária;
  • Cheque;
  • Cartão de Crédito;
  • Cartão de Débito; 

As 3 últimas possuem um controle estrito sobre seu processo. Um exemplo disso é o controle de recebimento por cheques, que mantém o histórico de depósito, compensação e devolução dos cheques. Da mesma maneira, recebimentos com cartão possuem um controle sobre a data de recebimento da operadora.

Os casos possíveis de recebimento de mais de uma forma, são citados a seguir, juntamente com a solução proposta:

1 - Parcelas inicialmente criadas na forma de Boleto Bancário podem ser recebidas tanto em ESPÉCIE, quanto em TRANSAÇÃO BANCÁRIA sem a necessidade de se estornar a parcela. É importante ressaltar que uma vez que você executa uma baixa manual numa parcela desta natureza, se por acaso o pagamento do boleto referente a mesma for feito em seguida, o sistema não realizará nenhuma baixa, mantendo apenas o registro da liquidação do mesmo no banco.

2 - Parcelas inicialmente criadas na forma de Boleto Bancário podem ter suas formas de recebimento trocadas para CHEQUE ou CARTÃO, contanto que o recebimento por tais formas não seja parcial e sim integral. Se houver a necessidade de se fazer um recebimento por mais de uma forma envolvendo estes casos, deve-se estornar a parcela e criar outras parcelas, cada uma na sua respectiva forma de recebimento. Para este caso o boleto será invalidado.

3 - Parcelas inicialmente criadas formas de recebimento ESPÉCIE, CHEQUE ou CARTÃO, não poderão ser recebidas de outra maneira posteriormente. O ideal, neste caso, é estornar a parcela e criar novas parcelas nas suas respectivas formas.

Encontrou sua resposta?